Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

João Antônio de Azevedo Cruzou simplesmente Azevedo Cruz, como ficou conhecido o maior poeta campista, foi também dono de café, jornalista, militar, advogado, deputado estadual e chefe de polícia.

Nasceu em um lugarejo conhecido como Ponta da Lama na freguesia de Santa Rita da Lagoa de Cima, em 22 de julho de 1870. Sua mãe de nome Constantina era filha de escravos e acredita-se que era alforriada, pois possuía o sobrenome "Espírito Santo". 

Igreja de Santa Rita de Cássia, padroeira de Lagoa de Cima.
Seu pai se chamava Joaquim Antônio da Cruz, um solteirão de olhos azuis, estatura alta, morador da rua Barão do Amazonas e que alugava imóveis e cavalos de sela.
Joaquim conheceu a jovem Constantina em uma das suas muitas viagens de negócios ao lago dos sonhos (forma como Francisco Portella se referia à Lagoa de Cima) e viveu maritalmente com ela até o seu falecimento em 1903. Tiveram 14 filhos, mas somente o primogênito de nome Antônio e o terceiro João Antônio é que chegaram à fase…

Últimas postagens